Como escolher a base ideal?

Alegro

Por The Pink Lemonade

Esta é uma das maiores dúvidas das mulheres, na hora de comprar maquilhagem: como escolher a base ideal, qual a textura, a marca e o tom mais indicado?  Hoje vamos falar sobre este tema e definir algumas estratégias que vos vão ajudar no momento da compra vossa nova base, a base ideal.

Quando falamos de base falamos de um produto que aplicamos sobre o  rosto e que funciona como uma segunda pele, ajuda a uniformizar a tez e dar um aspecto mais fresco ou mate consoante o gosto e necessidades de cada pessoa. A base é  um dos produtos mais importantes na maquilhagem, já que uma pele bem trabalhada é fundamental.

Na hora da compra devemos ter dois aspectos em atenção: o tom e a textura. A equação entre estes dois termos é essencial!

Escolha da cor
Para escolher o tom devemos começar por olhar para a nossa pele desmaquilhada. O tom da nossa base deve ser exatamente igual ao da pele. É certo que ao longo do nosso rosto conseguimos observar várias tonalidades, sendo que habitualmente a zona em redor do nariz e a baixo do queixo são mais escuras, devido à sombra característica destas áreas.  Nunca escolha uma base mais escura nem mais clara do que o tom da pele, pois ambas irão fazer um efeito de máscara.Se pretender um ar mais bronzeado, equilibre depois o tom com o pó compacto e o bronzeador, mas sem exageros.

Onde devemos experimentar a base?
Experimentar a base no pulso não é de todo uma boa ideia, pois o nosso rosto está exposto à luz solar quase todos os dias enquanto o pulso durante grande parte do ano está cobertos por camisolas e raramente o pulso e o rosto têm o mesmo tom. Devemos dirigir-nos a uma loja e com a pele desmaquilhada e testar na linha do maxilar, pois neste ponto conseguimos ter a noção do equilíbrio de tons entre o rosto, o peito e o pescoço.

Hidratar sempre!
Antes de começar a maquilhar deve ter sempre a preocupação de limpar e hidratar a pele, pois quanto mais bonita estiver a pele, mais fácil será que o resultado final da aplicação da base seja o desejado. Deve conter no seu kit de limpeza e hidratação alguns produtos como: Desmaquilhante de rosto, desmaquilhante de olhos, gel de limpeza, tónico, sérum, creme de dia com protetor solar, creme de noite, água termal e um hidratante para o contorno dos olhos e lábios.

Texturas de base
Existem várias texturas: líquida, cremosa, em stick, mousseou em pó. Se a pele for mista ou com tendência a oleosa opte por bases “oil-free” que sejam líquidas, isto se necessitar de uma cobertura leve a média, ou em stick, se pretender algo mais intenso. Convém no final aplicar um pó compacto ou solto de modo a fixar a base. Se a pele for extremamente oleosa experimente uma base em mousse. Para peles secas devemos escolher bases com componente hidratante. Para quem tem pele madura deverá optar por aplicar pouca quantidade e esbater bem o produto, para que não se acumule nas linhas. Leveza acima de tudo. Em peles jovens podemos apostar num BB Cream para uma cobertura suave e resultado extremamente natural.

Aplicação
Temos diversas formas de aplicar a base: com pincel, com os dedos ou com esponja, dependendo do acabamento pretendido e da textura da base. Para bases líquidas, cremosas ou em stick podemos utilizar um pincel próprio que ajude a espalhar e esticar o produto, ou espalhar a base com os dedos. A base em pó deve ser aplicada com um pincel largo apropriado para o efeito, evitando as borlas que habitualmente vêm na embalagem, pois estas deixam a pele mais pesada por compactarem o produto.

A partir de agora não há desculpas para não utilizar base. É só escolher a mais adequada para si e introduzir este produto no seu dia a dia.

Marta Alves, autora do blog The Pink Lemonade

Tags
  • style
  • 2016
Gostou deste artigo?
Be Social

Alegro Alfragide

Conheça o Centro Comercial Alegro Alfragide, as lojas, os sitios onde comer, os espaços onde descansar.

Saber Mais Outros Centros & Galerias Comerciais