Ir à praia é divertido!

Bloggers
Alegro

Férias com crianças

Por As Viagens dos Vs

Com o Verão quase a chegar, começamos a pensar nas férias, na praia e nas brincadeiras ao ar livre, e chega também a altura de pensarmos mais a sério nos cuidados a ter com a exposição ao sol. Cada vez mais, somos alertados para os seus perigos, porém, se, por vezes, nós adultos passamos um bocadinho ao lado deste assunto, quando se trata das crianças, as coisas mudam de figura. Tal como nos preocupamos, por exemplo, que elas lavem os dentes sempre a seguir às refeições, ensinar-lhes a importância de se protegerem do sol e alertar para os perigos do mesmo, é igualmente uma preocupação a ter da nossa parte.
Alguns pediatras são da opinião que até aos doze meses de idade, os bebés devem manter-se afastados do sol, evitando as idas à praia. Pessoalmente, acho que é também importante usarmos o nosso bom senso e seguirmos o nosso instinto de mães. Os perigos da exposição solar não se verificam apenas nas idas à praia, mas também em todos os outros momentos em que levamos os nossos filhos à rua nos dias de sol e de calor.
Acima de tudo, não devemos esquecer-nos que uma ida à praia pressupõe que seja um programa em família, divertido e que deixa as crianças – e os adultos – felizes! E que, para além disso, não deixa de ser seguro se tivermos em consideração algumas recomendações, nomeadamente:
- Evitar o sol quando a radiação é mais intensa (entre as 11h e as 16 horas); no entanto, devemos ter em mente que, se estivermos numa praia mais a norte do país, às 11 horas pode ainda estar fresco, ao contrário do que acontece numa praia mais a sul;
- Proteger as crianças com um chapéu e roupa. Sendo que, um bom chapéu deve proteger as orelhas, o nariz e os lábios e, para isso, deve ser de abas largas. Quanto à roupa, existem já t-shirts com protecção solar;
- Aplicar o protector solar com FPS50+, de preferência fazê-lo ainda em casa, onde conseguimos espalhar pelo corpo todo com mais facilidade. Depois, reaplicar a cada 2 horas e, para isso, é importante escolher um que seja fácil e rápido de espalhar, não esquecendo que até aos dois anos, devemos optar por um que seja mineral;
- Não se deixem enganar pelos dias mais nublados. Os raios solares perigosos atravessam as nuvens e a neblina;
- Cuidado com a luz reflectida. A luz do sol reflecte na areia e na água, atingindo a pele, mesmo na sombra;
- Mantê-los à sombra e arejados sempre que possível e, por isso, a recomendação é para não sejam usadas as tendas, que promovem a acumulação de calor;
- Não esquecer o uso do óculos de sol. Até aos 15 anos, os raios solares têm um efeito bastante nocivo na retina das crianças.
Mas, complementarmente a tudo isto, devemos saber olhar para os nossos filhos e perceber se estão bem: hidratados, sorridentes, frescos e é aqui que o nosso bom senso é importante, pois é ele que nos ajuda a descomplicar! Por exemplo, quando programamos uma ida à praia é igualmente importante pensar onde vamos estacionar o carro; se vai ser preciso andar muito a pé (e ao calor); as coisas que vamos ter que carregar conosco e como, etc...
Volto a relembrar: uma ida à praia deve ser um momento de prazer para todos e não para nos deixar maldisposto mal chegamos!

*Este artigo não está escrito com acordo ortográfico

Autora Vera Dias Pinheiro do Blog As Viagens dos Vs

Tags
  • sol
  • verão
  • praia
  • ferias
  • proteção
  • crianças
  • bronzear
Gostou deste artigo?
Be Social

Alegro Alfragide

Conheça o Centro Comercial Alegro Alfragide, as lojas, os sitios onde comer, os espaços onde descansar.

Saber Mais Outros Centros & Galerias Comerciais