Mais uma Paixão...

Alegro

Por Primeira Casa da Rua

Sempre que tenho um novo desafio acabo sempre por ter uma nova paixão. O desafio de escrever sobre design e/ou decoração para o site dos Centros Comerciais Alegro tornou-se numa nova paixão que vou abraçar de alma e coração.

Neste primeiro artigo de opinião pensei, pensei e voltei a pensar por onde deveria iniciar os artigos de opinião, e nada melhor que começar pela temática do meu blog, a “Primeira Casada Rua”. A reflexão a fazer é se a reciclagem, reutilização e recuperação, aliada ao “faça você mesmo” na decoração da casa veio para ficar, ou se estamos a falar de uma moda que daqui a alguns anos já ninguém fala.

É uma questão que já me colocaram várias vezes e a minha resposta não tem mudado muito desde a primeira vez que me fizeram a pergunta. Atendendo às circunstâncias de tudo aquilo que se passa no nosso planeta, o crescimento da população mundial, a utilização de todos os recursos do planeta, que pode levar à extinção de muitos deles, bem como a falta de recursos financeiros para investir na decoração vão transformar uma moda, ou uma tendência desta década, especialmente nos países do sul da Europa, numa necessidade que veio para ficar.

Nos países do centro da Europa e até mesmo em grandes países como o Brasil, o DIY (Do It Yourself), ou o faça você mesmo, aliado à reciclagem, já está na moda há muito tempo e já faz parte da cultura de cada um desses países. Em Portugal, também já chegou, já virou moda e está para ficar. As vantagens são inúmeras: podemos alterar a decoração lá de casa com uma maior periodicidade, poupamos algum dinheiro, permite-nos juntar a família em algumas atividades para criar peças que vão dar um toque diferente e personalizado à decoração, permitindo a toda a família ter um objetivo em comum. Essas mesmas atividades também são uma excelente catarse para eliminar o stress do dia a dia. Por isso mesmo, tal como dizemos na Primeira Casa da Rua: "nada se desperdiça, tudo se transforma".

Divirta-se, reúna a família e crie muitas peças para a decoração lá de casa, com materiais que aparentemente não têm qualquer utilidade

Por Nuno Matos Cabral, autor do blog PrimeiraCasadaRua

Tags
  • 2016
  • primeiracasadarua
Gostou deste artigo?
Be Social

Alegro Alfragide

Conheça o Centro Comercial Alegro Alfragide, as lojas, os sitios onde comer, os espaços onde descansar.

Saber Mais Outros Centros & Galerias Comerciais