Origem da Árvore de Natal

Sugestões
Alegro Alfragide

Uma árvore que junta famílias

por Bruna Pereira

Bolas, estrelas, grinaldas cintilantes, anjos, sinos, bonecos de neve, fitas, pinhas, entre outros variadíssimos enfeites e luzes, fazem da árvore de Natal o elemento central de toda a decoração natalícia. Mas onde nasceu, afinal, esta tradição que, ano após ano, albergamos em nossas casas?

Embora tenha origem nas culturas e religiões pagãs (que celebravam a fertilidade da natureza recorrendo a árvores enfeitadas), a árvore de Natal, como a conhecemos hoje, nasceu no seio dos povos germânicos, a partir do século XVI. Contudo, foi só no século XIX que a tradição decorativa alastrou ao resto da Europa, muito devido à influência da realeza.
Assim, um acontecimento que ajudou a espalhar esta tradição foi a própria árvore de Natal montada pelo Príncipe Alberto, marido alemão da Rainha Vitória, no Palácio Britânico, corria o Natal de 1846. Uma gravura da família real junto da árvore, publicada na revista “Illustrated London News”, levou a tradição decorativa tão longe como era então o domínio do Império Vitoriano.

Durante o mesmo século XIX, o Rei Dom Fernando II (marido da Rainha Dona Maria II e primo do Príncipe Alberto de Inglaterra) ajudou a proliferar o costume em Portugal, onde a tradição natalícia decorativa mais antiga remontava apenas ao presépio. Com o nascimento dos infantes, Dom Fernando II iniciou festejos e decorações de árvores de Natal bem à moda germânica da sua infância – e hoje ainda se conservam gravuras que ilustram o Rei vestido de São Nicolau, enquanto distribuía presentes em família.

Com o século XX, a chegada da televisão e a indústria publicitária a fazer uso da figura do Pai Natal, decorar uma árvore de Natal passou a ser – mais do que uma tradição – uma verdadeira festa, à volta da qual se reúnem os portugueses. A emoção de escolher uma árvore, dispor os enfeites e juntar as figuras do presépio traz consigo até uma espécie de magia, onde cores, sons, luzes, cheiros, brilhos, formas e texturas se mesclam entre as gargalhadas dos mais pequenos e o aroma a canela vindo da cozinha. O mercado facilita, em muito, esta experiência multissensorial e coloca à disposição uma gama de adereços tão vasta que permite a cada lar ter uma árvore especial e diferente de todas as outras. Ao gosto e à medida de cada um – como o Natal deve ser.

No Alegro Alfragide, existem variadas lojas de decoração onde poderá encontrar a árvore de Natal e a decoração perfeitas para esta quadra natalícia. Visite as lojas Tiger, Bairro Arte, Gato Preto, Ale Hop, Horto do Campo Grande e o hipermercado Jumbo. Boas festas!

Tags
  • Lojas
  • alfragide
  • alegro
  • compras
Gostou deste artigo?
Be Social

Alegro Alfragide

Conheça o Centro Comercial Alegro Alfragide, as lojas, os sitios onde comer, os espaços onde descansar.

Saber Mais Outros Centros & Galerias Comerciais