Pais, filhos e as pegadas digitais

Bloggers
Alegro

Por High Tech Girl

Pais, filhos e as pegadas digitais
Preocupamo-nos com o que fazem os nossos filhos quando estão online. Mas nem sempre temos o mesmo cuidado com o que nós fazemos! E, pior, com a forma como expomos os nossos filhos nas redes sociais e não só. É altura de ter atenção e dar o exemplo.

 

Sabe o que são pegadas digitais?
As pegadas digitais são os vestígios que deixamos à medida que navegamos na Internet. Não desaparecem com o tempo e vão criando a nossa reputação online. Estas pegadas podem ser recolhidas de duas formas:
De maneira passiva, onde os dados recolhidos...
... são obtidos por terceiros sem que saibamos exatamente quando, por quem e com que propósito;
... podem revelar os sites que visitámos, o que procurámos, a que horas costumamos fazê-lo, e com quem nos relacionamos;
... identificam o nosso endereço de IP*, mas não quem somos concretamente.

Na forma ativa...
... somos nós que facultamos a informação;
... fazemo-lo, por exemplo, quando publicamos uma fotografia no Facebook, fazemos um comentário num blog, temos uma conversa no Skype ou enviamos documentos por email.

O que acontece com esta informação?
No aspeto positivo, esta informação permite que...
... não tenhamos constantemente de fazer log in nos sites que mais visitamos
... não seja preciso proporcionar mais informações para aceder a sites específicos que já visitámos.
Entre os aspetos mais negativos, podemos destacar que...
... estas informações podem ser controladas por entidades que não tem qualquer relação connosco e que não estão ao alcance do nosso controlo;
... na maior parte das vezes são usadas com fins comerciais, para perceber o nosso perfil pessoal e como consumidor(a), para personalizar a informação e os anúncios que chegam ao nosso ecrã e para vender-nos produtos diretamente;
... há empresas que se especializam em recriar perfis com base na informação recolhida desta forma, para depois vendê-los a outras organizações.

Ensinar crianças e jovens
Devemos transmitir aos nossos filhos alguns conceitos importantes uma utilização segura da Internet:
Nunca partilhar informação completa sobre si – nome completo, morada, escola que frequentam, número de telemóvel, etc. Mesmo que digam que vão oferecer um prémio incrível em troca;
Nunca revelar as passwords a ninguém, nem ao melhor amigo;
Nunca publicar aquilo que não queira que seja visto por um adulto. Mesmo que o faça apenas entre os melhores amigos;
Fazer log off sempre que sair de um site no qual está inscrito;
- Lembrar que vão sempre recolher informação sobre os sites que visitou antes e os que vai visitar em seguida;
Falar com um adulto sempre que lerem ou virem algo que achem estranho ou que os faça sentir inseguros.

Mas, mais importante do que isso: os adultos devem dar o exemplo.
A começar pela forma como partilhamos os nossos passos e os da nossa família nas redes sociais. Graças aos pais, há crianças que têm pegadas digitais antes mesmo de nascerem! Será que temos o direito de os expor desde pequenos? Não deverão ser eles a escolher que pegada digital querem deixar? Se nos preocupamos em protegê-los não devemos ser os primeiros a fazê-lo? Mas como?

Algumas ideias de como preservar a privacidade dos nossos filhos
Conheça as políticas de privacidade dos sites onde pretende partilhar informação ou fotos;
- Se o objetivo é partilhar problemas (de comportamento, de rendimento escolar, etc) em busca de soluções, faça-o de forma anónima;
Evite partilhar a localização da criança;
Evite partilhar fotografias em que a criança não esteja devidamente vestida (no banho, em fraldas, despida);
- Se o seu filho já tiver idade para isso, consulte-o. Dê-lhe a oportunidade de dizer se se sentirá confortável ao ver a foto ser partilhada;
- Pense que efeitos a imagem ou a informação poderão ter no seu futuro, quando já for um adolescente ou um adulto;
- Use o sistema de notificações do Google Alerts, que permite saber sempre que um nome (o do seu filho, por exemplo) ou uma palavra-chave são referidos nos motores de busca.
* Endereço de IP – ou Internet Protocol Address – É o número atribuído a cada computador, que permite identificá-lo na rede. Sem este número o computador não consegue ligar-se à Internet ou a outros computadores.

Por Mariza Figueiredo, autora do Blog High-Tech Girl
Crédito da Imagem: Adaptação da fotografia de Antara|Flickr

Tags
  • 2016
  • High Tech Girl
  • bloggers
  • digital
Gostou deste artigo?
Be Social

Alegro Alfragide

Conheça o Centro Comercial Alegro Alfragide, as lojas, os sitios onde comer, os espaços onde descansar.

Saber Mais Outros Centros & Galerias Comerciais