Sugestões Para Aproveitar as Sobras do Natal!

Bloggers
Alegro

por Célio Cruz

Publicado em 12/12/2017

No Natal tudo o que mais queremos é juntar a família e os amigos em volta de uma mesa farta, onde não podem faltar os pratos mais tradicionais, aquela receita que só a tia sabe fazer ou a sobremesa especial cuja receita é de família e vai passando de geração em geração. Conversas demoradas, sorrisos partilhados e a criação de memórias, sempre com a comida como pano de fundo, assim são as refeições nesta que é a quadra mais festiva do ano.

Com tanta comida é inevitável não haver sobras no dia seguinte. Desperdiçar está fora de questão, por isso nada melhor que planear as refeições detalhadamente e com antecedência. Ainda assim vai sobrar comida. Uma das formas de se ver livre desses excessos, sem haver desperdício, é partilhar as sobras com os convidados. Por outro lado, com um pouco de imaginação e criatividade é possível reaproveitar essas sobras, combinando-as com outros ingredientes e assim preparar deliciosas refeições. Veja alguns exemplos:

Bacalhau:
É dos pratos mais tradicionais na ceia de Natal. O mais comum é o bacalhau cozido com couves e azeite. Não se tratando de um prato consensual, é comum haver sobras. Utilize-as, assim como as batatas e as couves do acompanhamento e faça a tão conhecida roupa-velha. Mas também pode optar por usar apenas as batatas, juntando-as ao bacalhau e assim fazer um empadão ou, porque não, umas deliciosas pataniscas.

Carnes e Enchidos:
Em algumas regiões do país é comum haver peru assado. Se sobrar, pode sempre usar para fazer umas empadas, uns croquetes ou mesmo uma bôla de carnes e enchidos.

Legumes:
Existem sempre imensos legumes em grandes quantidades a acompanhar o bacalhau cozido. A couve costuma sobrar, mas também as cenouras, os nabos e as batatas. Junte-os numa panela, tempere a gosto e faça uma reconfortante sopa.

Polvo:
O polvo também costuma marcar presença nesta quadra. Das suas sobras pode fazer no dia seguinte um delicioso arroz de polvo, bem temperado com salsa ou coentros. Ou mesmo uma saladinha para servir de entrada ou até umas pataniscas de polvo.

Doces e Sobremesas:
Muitas sobremesas não servem para ser reaproveitadas. O truque consiste em distribui-las pela família e assim evitar cair na tentação de ter de comer mais tarde. Ainda assim há aqueles doces tradicionais, como o bolo rei, aos quais se pode dar uma segunda oportunidade. Congelar e comer mais tarde é uma opção, mas também pode fazer torradas. Triturar, juntar ovos, farinha e açúcar e fazer uns deliciosos queques ou então uns pudins de bolo rei, cuja receita apresento a seguir.

Agora já sabem, desperdiçar nunca, reaproveitar sempre. Feliz Natal para todos!

Pudins de Bolo Rei

Ingredientes:
300 g de sobras de Bolo Rei
manteiga q.b.
3 c. (sopa) de amêndoa triturada
1 mão cheia de nozes pecan
3 ovos
3 c. (sopa) de açúcar amarelo
1 c. (café) de pasta de baunilha
canela q.b.
raspa de 1 limão
250 ml de leite
1 c. (sopa) de vinho do Porto
açúcar mascavado

Preparação:

1 . Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga 4 ramequins ou, em alternativa use uma forma pequena de bolo inglês.

2 . Corte o bolo rei em fatias finas ou parta em pedaços e distribua pelos ramequins.

3 . Sobre o bolo rei coloque a amêndoa e as nozes pecan.

4 . À parte, bata os ovos juntamente com o açúcar, a baunilha, a canela e a raspa de limão. Adicione o leite e o vinho do Porto e bata mais um pouco.

5 . Verta o preparado anterior sobre o bolo rei e salpique com açúcar mascavado.

6 . Leve ao forno cerca de 20 minutos ou até ficar dourado.

Tags
  • celio cruz
  • Receitas Alegro
  • Receitas Natal
  • Sugestões Alegro
Gostou deste artigo?
Be Social

Alegro Alfragide

Conheça o Centro Comercial Alegro Alfragide, as lojas, os sitios onde comer, os espaços onde descansar.

Saber Mais Outros Centros & Galerias Comerciais