Ver todos os artigos Let´s Talk

Culinária

Caldo de Legumes Caseiro: Como Fazer?!

20 Março, 2018 Célio Cruz

Caldo de Legumes Caseiro: Como Fazer
Quantas vezes já nos questionámos acerca da composição daqueles "cubinhos mágicos concentrados" que são vendidos nos supermercados?! Fazer um caldo de legumes caseiro é uma das formas mais fáceis de amplificar o sabor das nossas receitas, economizar dinheiro e usar os legumes que sobram, antes de irem parar ao lixo. É fácil e tão simples, basta cortar alguns legumes, cobrir com água, cozinhar e está feito. Temos caldo de legumes suficiente para acrescentar aos nossos cozinhados e tudo em pouco menos de duas horas. Sem corantes, sem conservantes, sem excesso de gordura e de sal e sem intensificadores de sabor.
Se abrir agora o seu frigorífico e olhar para as gavetas dos legumes, o que vai encontrar?! Umas cenouras envelhecidas que há muito deveriam ter sido usadas?! Um ramo de salsa cujas folhas começam a ficar amareladas?! Uns cogumelos que começam a perder a forma?! Junte tudo numa panela, acrescente uma cebola e um alho francês, adicione ervas aromáticas e leve a cozer em água abundante. Esta é a base para fazer um caldo de legumes caseiro delicioso

Como fazer um caldo de legumes? Comece por escolher os melhores vegetais

Dê preferência a legumes de sabor neutro. Algumas receitas aconselham o uso de especiarias fortes. Mas, tal como o sal, e a não ser que o caldo de legumes seja para um prato específico, o uso de sabores intensos deverá ser evitado. Cenouras, cebolas, aipo, alho francês, cogumelos, são os legumes base a usar num caldo, mas sinta-se livre para omitir ou substituir qualquer um deles por outro da sua preferência. Mas nem todos os legumes deverão ser usados num caldo caseiro. A beterraba, por exemplo, para além de dar cor ao caldo tem o seu sabor característico que não agrada a todos. Brócolos e couve podem tornar o caldo amargo, quando cozinhados em excesso.

Faça já o seu caldo de legumes caseiro e comece a Poupar!

A confecção caseira de caldos só traz benefícios para a saúde e é também uma forma de poupar dinheiro. Ao aproveitar os restos de vegetais que muitas vezes vão parar ao lixo, tais como as cascas das cenouras e das batatas ou as folhas mais verdes do alho francês, já estamos a evitar o desperdício. Guarde as sobras num saco ou caixa hermética no frigorífico e quando tiver uma quantidade suficiente é só juntar água e cozer. Eleve o sabor do seu caldo de legumes caseiro a outro a nível e experimente adicionar durante a cozedura aquelas cascas de queijo Parmesão que já não vai usar. Se preferir um caldo mais rico e intenso, poderá saltear os vegetais antes de os colocar na panela para cozer. Toda a água que restou da cozedura deve ser aproveitada e guardada em sacos ou cuvetes de gelo. Caso não queria congelar o caldo, guarde-o em frascos de vidro no frigorífico. Se optar por congelar o seu caldo de legumes, quando os cubos estiverem congelados, solte-os da cuvete e guarde-os num saco de plástico devidamente etiquetado.

Ingredientes:
| 2 litros de água
| 1 cebola
| 3 dentes de alho
| 2 cenouras
| 6 cogumelos
| 2 talos de aipo com folhas
| 1 alho francês
| 10 grãos de pimenta da Jamaica
| 2 folhas de louro
| 1 c. (sopa) de sal
| 2 raminhos de coentros
| 1 raminho de tomilho
| 1 raminho de alecrim
| 2 c. (sopa) de azeite

Preparação:
1 . Comece por lavar muito bem todos os ingredientes.
2 . Numa panela coloque a água. Junte a cebola inteira, os dentes de alho, as cenouras, os cogumelos, o aipo e o alho francês, cortados em pedaços.
3 . Quando a água começar a ferver acrescente os grãos de pimenta, o louro, o sal, as ervas aromáticas e regue com o azeite.
4 . Baixe o lume e deixe cozinhar durante 1h a 1h30 (quanto mais tempo mantiver o caldo ao lume maior será a sua intensidade em termos de sabor).
5 . Coe o seu caldo de legumes caseiro e guarde em frascos herméticos no frigorífico ou congele.

Artigos Relacionados