Ver todos os artigos Let´s Talk

Culinária

Substituir as natas por natas vegetais

1 Junho, 2018 Célio Cruz

Quer seja por intolerância à lactose, por alergia, porque seguimos uma alimentação vegan ou simplesmente porque optámos por um estilo de vida mais saudável, muitos de nós procuramos substituir as natas lácteas por uma alternativa vegetal, no momento de fazer uma determinada receita. Em pratos doces ou salgados, muitas são as receitas que contêm na sua lista de ingredientes as natas de origem animal, pois estas tornam os pratos mais cremosos e aveludados. Devido à sua composição rica em gordura, nomeadamente saturada, as natas de origem animal são muitas vezes olhadas com um "sentimento de culpa" e é frequente optarmos por substitui-las por opções light ou cremes de origem vegetal, as natas vegetais.

Que cremes de origem vegetal - natas vegetais - posso usar?

Os cremes vegetais, também conhecidos por natas vegetais, são uma boa alternativa às natas convencionais e podem ser utilizados em qualquer tipo de prato, desde smoothies, quiches, nas sobremesas ou até como substitutos do queijo, em pratos gratinados. Mas tenha cuidado: se procura um creme vegetal que seja realmente saudável e o menos processado possível, tem de ler bem os rótulos. Escolha uma marca de confiança, preferencialmente biológica e que garanta que os ingredientes utilizados são de qualidade, não transgénicos, que não exista excessos de açúcares ou sal adicionados, bem como intensificares de sabor ou espessantes não saudáveis.

De forma geral, convém fugir das natas vegetais preparadas com uma série de ingredientes que não sabemos o que são e que não conseguimos sequer pronunciar.

Hoje em dia podemos encontrar uma vasta gama de opções 100% vegetais que servem de alternativa às natas lácteas. A alternativa mais comum são as natas vegetais à base de soja que, para além de não conterem lactose, são pobres em gorduras e podem ser usadas tanto em pratos salgados como em sobremesas. Existem outras opções, como os cremes natas vegetais de aveia, espelta, arroz ou coco a serem utilizados na culinária, que podem ser consumidos por pessoas intolerantes à lactose ou alérgicas à soja. O creme de coco é preparado com leite de coco cru, é mais cremoso que os restantes e funciona bem como opção para fazer chantilly sem lactose.

Mas serão realmente as natas vegetais a melhor opção?!

Na hora de optar, há a realçar o facto de as natas para bater serem mais ricas em gordura, sendo que as melhores opções de natas vegetais para cozinhar são a soja e o arroz, por terem menores índices de gordura saturada. No entanto, qualquer das alternativas vegetais tem menos calorias, quando comparadas com as natas "normais". Mas atenção, umas natas light, feitas a partir do leite, podem conter menos calorias que natas vegetais de soja, por exemplo. Ainda assim, se segue uma dieta pobre em gorduras, ou se procura uma opção de natas sem lactose, as natas vegetais são sempre a melhor opção.

Bolo de Cenoura e Coco com Cobertura de Creme de Coco

Ingredientes:
| 100 g de farinha de centeio integral
| 30 g de flocos de aveia
| 1 c. (chá) de fermento em pó
| 1 c. (chá) de canela
| 1 pitada de sal
| 1 pitada de noz moscada
| 2 bananas maduras, mas firmes
| 100 g de açúcar de coco
| 1 ovo
| 40 ml de óleo de coco
| 1 c (chá) de pasta de baunilha
| 2 cenouras pequenas, raladas
| 60 g de coco ralado
| 50 g de nozes grosseiramente picadas
| 100 ml de natas de soja

{para o chantilly de coco}
| 150 g de creme de coco
| 1 c. (sopa) de xarope de agáve
| 1/2 c. (chá) de pasta de baunilha
Preparação:

  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma rectangular.

  2. Misture a farinha peneirada com os flocos de aveia, o fermento, a canela, o sal e a noz moscada.

  3. À parte, esmague as bananas com um garfo até ficarem em puré. Junte o açúcar, o ovo, o óleo de coco e a pasta de baunilha e bata tudo com uma vara de arames até ficar homogéneo. Junte as cenouras raladas e o coco ralado e envolva.

  4. Alternadamente vá adicionando a mistura de farinha e as natas de soja ao preparado líquido e envolva bem com a espátula. Junte as nozes grosseiramente picadas e envolva.

  5. Verta a massa na forma reservada e leve ao forno durante 45-50 minutos. Faça o teste do palito antes de desenformar.

  6. Retire o bolo do forno e deixe arrefecer na forma durante 10 minutos. Desenforme e deixe arrefecer por completo.

  7. Prepare o chantilly de coco. Bata o creme de coco, que deve estar bem frio, juntamente com o agáve e a baunilha, até obter a consistência desejada.

  8. Decore o bolo com o chantilly de coco e nozes picadas.

Artigos Relacionados